-- Cinema

Pode parecer apenas um filme de luta…mas não é!

"Rocky, um lutador" (1976) levou três estatuetas do Oscar (melhor filme, direção e edição)

Ter um trabalho duro, andar na pendura, ter animais de estimação como melhores amigos, ser taxado de idiota, lutar por um amor e ter a chance da sua vida diante dos olhos. Leitor, duvido que você não se encaixe em pelo menos em um desses temas!

Pois é, basta bater tudo isso no liquidificador, dar uma temperada com suor, lágrimas e sangue, pronto: ROCKY, UM LUTADOR.

Sim, aquele mesmo que já passou inúmeras vezes na Televisão aberta e que todos imitam a frase “Yo Adrian I did it!” (Hey Adrian, eu consegui!) … é neste ponto que quero chegar: CONSEGUIR!

Não é preciso quebrar meia dúzia de ovos e engoli-los crus ao despertar da cama em busca do sucesso, mas é preciso quebrar a barreira do comodismo e ir à luta. Socar carnes penduradas no frigorífico? Tão pouco! Mas já pensou que você precisa fazer algo a mais do que os outros? Algo como subir uma escadaria. Degrau por degrau, levantar os braços e comemorar chegando ao seu topo.

O topo, o que seria o “topo”? Para Rocky Balboa, conquistar o título mundial da maior confederação de Boxe e ao lado de sua amada. E para você?

Lembre-se meu amigo: “Não é quão forte você bate, é o quão forte você pode apanhar e continuar avançando” (Rocky)

Avance!

Ficha “Rocky, um lutador”:
Gênero: Drama
Ano: 1976
Roteiro: Sylverter Stallone
Direção: John G. Avildsen
Elenco: Sylvester Stallone
Burgess Meredith
Talia Shire
Burt Young
Carl Weathers
Vencedor de três estatuetas do Oscar (melhor filme, direção e edição)

Os conteúdos dos artigos publicados são de inteira responsabilidade do(s) autor(es), não refletindo, necessariamente, a opinião do corpo ou do conselho editorial do blog.
Clube dos Caras

Clube dos Caras

Comentar

Clique para comentar