Home / - / 10 cervejas para tomar antes de morrer.

10 cervejas para tomar antes de morrer.

Limitar essa lista em apenas 10  cervejas,  foi uma das coisas mais difíceis de toda minha vida. Ha muitos rótulos e opções, que vão do trigo ao artesanal. Mas tenho certeza que essas 10 são perfeitas para começar!
O prazer de degustar uma boa cerveja, se deliciar com os petiscos e pratos que harmonizam com elas e lógico, tudo isso em uma mesa repleta de bons amigos.
Indique sua preferida e divida essa experiencia conosco.

1 – Erdinger

Conhecida como a Weissbier mais bebida no mundo, a Erdinger Weissbier é uma cerveja de trigo premium e é carro chefe da Cervejaria Erdinger. Ela vem conquistando fãs pelo mundo todo graças ao seu sabor inesquecível e por seguir as técnicas tradicionais de maturação dentro da própria garrafa.
Leve, viva e muito refrescante, a cerveja Erdinger Weiss é uma cerveja dourada e turva, coroada com um creme branco, denso e persistente. Seu aroma apresenta trigo, aveia, levedura e um leve toque de banana e cítricos e tem um sabor equilibrado, combinando com seu aroma e dando um toque especial de malte adocicado.
Uma cerveja inesquecível e ideal para harmonização com peixes, frutos do mar, saladas, salsichas e o melhor da culinária alemã. Para os apreciadores de uma boa Weiss é indispensável a apreciação em um bom copo weizen na temperatura de 5 a 7ºC.

Família: Ale
Estilo: German Weizen
Volume: 500ml
Teor Alcoólico: 5,3%
Cidade de Origem: Erding
País: Alemanha
Cervejaria: Erdinger Weissbräu
Coloração: Amarela escura
Espuma: Boa formação e média persistência
Aparência: Turva
Aromas: Banana, cravo, fermento
Harmoniza com: Peixes, frutos do mar, saladas, salsichas e o melhor da culinária alemã.

2 – Guinnes

A Guinness é uma cerveja irlandesa, com quase 300 anos de história, a Cerveja Guinness é dita como a Stout mais consumida no mundo. É uma cerveja de alta fermentação, feita com malte torrado, com sua cor marcante e escura e um paladar tostado. O lúpulo utilizado faz um excelente balanço entre o amargor e a doçura. Sua espuma densa e cremosa a torna uma Cerveja extremamente saborosa e mais robusta.

Irlanda
Guinness
Stout
4.1%
Pint
Preta
Aroma: maltes torrados e no paladar leve amargor. Conforme ela esquenta o adocicado também aparece, equilibrando as sensações e excelente drinkability.
6 – 9 ºC
Harmoniza com: Queijos duros e embutidos como presuntos, linguiças e peito de peru.

3 – Paulaner Munchner Hell

Com lúpulo fino e aromático, leveduras exclusivas e malte de cevada, a Paulaner Munchner Hell pode se orgulhar de ser a cerveja de Munique mais vendida do mundo. Sua coloração dourada brilhante é convidativa. Além de possuir um paladar saboroso com sutil toque de lúpulo e condimentado.  Antes de 1920,  esta cerveja tinha coloração marrom clara.

Cerveja Paulaner Münchner Hell
Conteúdo: 500ml
Tipo: Munich Helles
Tipo de fermentação: Lager (baixa fermentação)
Ficha Técnica
Cervejaria: Paulaner
País: Alemanha
Teor Alcoólico: 4,9%

Harmoniza com:  aperitivos em festas e eventos, assim como pratos leves.

4 – PILSENER URQUELL – 330ML

BOHEMIAN PILSENER

Urquell é a primeira pilsner do mundo, e até hoje é considerada a melhor delas. Esse rótulo teve origem na cidade de Plzen, na República Tcheca em 1842. O nome Urquell significa “fonte original”, uma tradução do alemão, a língua que era falada na Republica Tcheca durante o período do império austríaco. Essa cerveja é responsável por ter definido o estilo original das cervejas límpidas e de cor clara. Rica em malte, notas de cereais, pão e biscoito são harmonizadas com um buquê floral advindo do lúpulo Saaz. Com final bem definido essa é uma lager complexa, bem redonda, e, muito refrescante. Degustação obrigatória para qualquer cervejeiro!

ORIGEM: Plzen – República Tcheca
CERVEJARIA: Pilsner Urquell
ESTILO: Pilsner
VOLUME: 500ml
COLORAÇÃO: Dourada
TEMPERATURA IDEAL: 2º a 4º
AMARGOR: Moderado
APARÊNCIA: Límpida
AROMAS: Floral, mel, grão
COPO SUGERIDO: Pokal
TEOR ALCOÓLICO: 4,4%
Harmoniza com: Saladas, queijos e peixes

5- FULLER’S LONDON PRIDE 500ML

BITTER

Uma cerveja vinculada ao povo inglês. Fabricada desde 1950, ela tem todas as característica da típica cerveja londrina, e não deu outra, caiu na graça deles. Combina uma rica história com um rico sabor. Definida pelo eterno Beerhunter Michael Jackson como uma cerveja suave e surpreendentemente complexa. Os maltes tem um rico balanço, enquanto os lúpulos concedem incríveis aromas. É bastante encorpada e oferece deliciosas notas de frutas. Esta cerveja é ideal para acompanhar comidas altamente consumidas pelos londrinos como salsichas, linguiça, peixe, batatas, e costelinhas. Se você não pode visitar Londres leve Londres até você através dessa agradável cerveja.

ORIGEM: Londres
CERVEJARIA: Griffin Brewery
ESTILO: Premium Bitter
VOLUME: 500ml
COLORAÇÃO: Âmbar
TEMPERATURA IDEAL: 4º a 6º
AMARGOR: Alto
APARÊNCIA: Límpida
AROMAS: Malte, caramelo, lúpulos herbais
COPO SUGERIDO: Pint
TEOR ALCOÓLICO: 4%
Harmoniza com: Quase todos os tipos de carnes.

6 – LEFFE BROWN (6,5%)

Medalha de ouro na categoria Dubbel, esta cerveja é produzida desde o século 13 pelos monges da Abadia Belga de Leffe. Seu sabor robusto apresenta uma combinação entre seu pronunciado aroma de caramelo torrado e um toque levemente adocicado no final. A tradicional receita é a mesma desde 1240. A marca Leffe é a cerveja tipo Abadia mais consumida no mundo.
Encorpada e produzida com maltes nobres, a Cerveja Leffe Brown tem um aroma torrado com toque de caramelo. De sabor leve e notas de chocolate e toffe, esta é uma saborosa Belgian Dubbel de coloração âmbar escura. Uma cerveja bem carbonatada com evidente amargor em seu retrogosto. Experimente harmonizar o sabor da Leffe Brown com um porco assado ou um frango ao vinho.
Criada em 1240 por clérigos da abadia de Leffe, a marca teve sua produção interrompida após a Revolução Francesa, até que, na década de 1950, Abbot Nys e Albert Lootvoet reviveram a tradição.

ORIGEM: Dinant – Bélgica
CERVEJARIA: Abbaye de Leffe
ESTILO: Belgian Dubbel
VOLUME: 330ml
COLORAÇÃO: Marrom avermelhada
TEMPERATURA IDEAL: 8º a 12º
AMARGOR: Baixo
APARÊNCIA: Límpida
AROMAS: Malte torrado, café, chocolate e fermento de pão.
COPO SUGERIDO: Trapista
TEOR ALCOÓLICO: 6,5%
Harmoniza com: Salsichas, Hamburguer, carnes vermelhas e nozes.

7 – WEIHENSTEPHANER VITUS WEIZENBOCK – 500ML

Uma deliciosa cerveja encopada e complexa, que tem maturação extra a frio nas adegas do monastério de Weihenstephan, na Alemanha. De alto teor alcoólico e estilo weizenbock (bock de trigo), essa cerveja apresenta uma coloração dourado-escura, no aroma e gosto, banana e notas frutadas. É ideal para ser saboreada sem pressa nos dias nas estações mais frias do ano, juntamente com pratos a base de carne de porco. Com o tempo abrir uma garrafa de Vitus irá se tornar um ritual sagrado para você também! Comparada ao estilo Dunkelweizen, mais amarga e com mais álcool. A presença do malte é claramente percebida. Algumas passam pela técnica de congelamento das Eisbock para reforçar aroma e teor alcoólico.

Cervejaria: Bayerische Staatsbrauereu Weihenstephan
País: Alemanha
Estilo: Weizen ou Weissbier
Cor: Dourado
Teor alcoólico: 5,4%
Temperatura para consumo: de 4 a 8ºC
Copo ideal: Weizen, Lager
Harmoniza com : Ceasar salad, frango assado, lombo defumado, salsicha e linguiça de porco,
arroz e feijão, comida mexicana e chinesa, camarão frito, caranguejo, atum,
truta, peixe frito, lagosta, torta de limão.

8 – BODEBROWN PERIGOSA IMPERIAL IPA – 330 ML

IMPERIAL IPA

Perigosa é a primeira Imperial Double IPA registrada no Brasil. Isso mostra o como originalidade e criatividade são marcas registradas dessa cervejaria. Com marcante presença de lúpulo e teor alcoólico de 9,2%, ela exibe uma coloração âmbar, notas de frutas cítricas, maracujá, goiaba e amargor elevado. Sua qualidade e irreverência lhe renderam medalha de ouro na South Beer Cup, competição sul-americana de cervejarias, em 2014.

Cervejaria: Cervejaria Bodebrow
País: Brasil
Estilo: American IPA
Cor: Âmbar
Teor alcoólico: 9,1 %
Temperatura para consumo: 5 á 7ºC
Copo ideal: Pint
Harmoniza com: Casquinha de siri, acarajé, caldo de feijão, caldo-verde, sopa de queijo, sopa de legumes, minas, brie/camembert, gouda, cheddar, roquefort, gorgonzola, ceasar salad, salpicão, wardorf, maionese de atum e camarão, massa ao pesto, comida indiana e japonesa, camarão frito, caranguejo, caviar, truta, peixe frito, moqueca baiana e capixaba, lagosta, lula, sardinha.

9 – BALTIKA 8 (5%)

Cerveja russa do estilo German Weizen (cerveja de trigo). Apresenta espuma densa e generosa, suave aroma frutado com toques picantes e suave adocicado. Líder absoluta do segmento de cerveja de trigo na Rússia, ela é um dos rótulos da segunda maior cervejaria da Europa, que exporta para mais de 60 países. Este fermentado é feito de acordo com uma receita especial utilizando malte e trigo. Ela é caracterizada por uma densa espuma espessa aroma leve de frutas, como banana.
A Baltika 8 Wheat Beer rapidamente ganhou o amor de conhecedores de cerveja premium e é agora a líder indiscutível do segmento de cervejas de trigo. É a típica cerveja do verão europeu, costumada ser bebida no café da manhã. Neste estilo, é fundamental a regra de quanto mais jovem, melhor.

Cervejaria: Baltika Brewery
País: Rússia
Estilo: Weizen ou Weissbier
Cor: Amarelo
Teor Alcoólico: 5%
Temperatura para Consumo: De 4 a 8ºC
Copo Ideal: Weizen, Lager
Harmoniza com: Ceasar salad, frango assado, lombo defumado, salsicha e linguiça de porco, arroz e feijão, comida mexicana e chinesa, camarão frito, caranguejo, atum, truta, peixe frito, lagosta, torta de limão.

10 – ROCHEFORT TRAPPISTES 10 (11,3%)

BELGIAN DARK STRONG ALE

O que falar dessa obra prima? Figura entre as melhores cervejas do mundo para diversos especialistas, item mais que obrigatório para qualquer amante de boas bebidas. Com uma belíssima cor marrom escura, com tons avermelhados, tem uma espuma de boa formação e média duração. Complexa, encorpada, lembra vinho do Porto. Notas de malte, frutas secas como ameixas, uvas passas, figos, frutas vermelhas, açúcar mascavo, anis, caramelo, pera, especiarias, chocolate. Álcool bastante presente, mas equilibrado, assim como o dulçor pronunciado que é controlado pela presença de amargor do lúpulo. Uma bebida dos deuses.

Família: Ale
Estilo: Belgian Quadrupel
Volume: 330ml
Teor Alcoólico: 11,3%
Cidade de Origem: Rochefort
País: Bélgica
Cervejaria: Abbaye Notre – Dame de Saint – Remy
Coloração : Negra
Espuma: Cremosa
Aparência: Turva
Aromas: Nozes, toffee, menta, cravo e frutas vermelhas.

Harmoniza com: Queijos azuis, frutas secas, sobremesas a base de chocolate, charutos.

Já tomou alguma dessas? fala pra gente o que achou!

Curta nossa pagina no facebook também e nos mande seu feedback…

Veja também a matéria sobre o grande fantasygame CARTOLA.

https://clubedoscaras.com.br/2017/04/29/carascartoleiros/

Bem vindo ao clube caras.

 

Sobre Clube dos Caras

Clube dos Caras

Veja Também

O FRIO CHEGOU, O QUE USAREMOS? O QUE FAREMOS?

O FRIO CHEGOU, O QUE USAREMOS? O QUE FAREMOS? Hoje vamos de dicas pra galera …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *