Home / - / eae seu trouxa, tudo bom?

eae seu trouxa, tudo bom?

Eae seu troxa, tudo bom?

Quantas vezes já ouvi isso dos meus amigos homens, até parece uma ofensa, mas na verdade isso é uma demonstração de carinho, por incrível que pareça, homens em grande maioria não tem o costume de elogiar uns aos outros, mas todos sabem que quando passam uma boa parte da conversas se xingando ou trocando “patadas”, isso é um sinal de verdadeira amizade.


Creio  que seja pela confiança, caminhar sobre ovos não é sinal de boa amizade, um dos pontos marcantes é  o fato de sempre parece ódio e na verdade ser ao contrario, um exemplo básico é ver quando homens estão em grupo, a troca de farpas e xingamentos é quase que o tempo todo, mas quando um dos caras vai embora do grupo, os que ficaram disparam elogios sobre o que se foi, coisas do tipo: esse cara é gente boa, esse é meu amigo e por ai vai.
E visível o grau de amizade de homens só reparando em como se tratam quando estão perto, é uma patada atras da outra  e um xingamento atras do outro.

 

Só toma cuidado em, xingar de mais pode te fazer mau…

Sabia que xingar demais pode ser um dos sintomas da Síndrome de Tourette? Para quem não sabe, esse é um tipo de distúrbio do sistema nervoso que faz as pessoas ter movimentos repetitivos e emitir sons involuntários.

Estudos já comprovaram essa possível relação, mas ainda não sabem dizer porque ela ocorre. Eles suspeitam que isso esteja diretamente ligado ao funcionamento de uma área específica do cérebro, que pode ser responsável pelos xingamentos e palavrões que dizemos.

Aliás, conforme os pesquisadores, isso explica também o fato de sempre aprendermos palavras inadequadas tão rápido. Embora isso não deixe mais claro o porque das pessoas com Síndrome de Tourelle utilizarem esses termos chulos para se expressar.

 

Então diz ai, você xinga muito seus amigos?  eu vou indo nessas e espero que vocês se…

Abraço amigos…

Sobre Clube dos Caras

Clube dos Caras

Veja Também

O que te faz falta?

Acho que se  alguém te perguntar “o que te faz falta?”, sua resposta poderia ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *