Home / - / Facebook e a relação de amor e ódio

Facebook e a relação de amor e ódio

Lembrei que há alguns anos, mais precisamente em 2012, saíram rumores que o fundador do Facebook, Mark Zuckerberger, havia dado entrevista ao site de notícias internacionais CNN dizendo que os brasileiros “estragavam a  rede. Na época, um site brasileiro noticiou o ocorrido e uma enxurrada de outros desmentiu, afirmando ser na verdade uma crítica a nossa maneira de se comportar nas mídias sociais.

O Facebook é uma ótima ferramenta de comunicação, informação, divulgação e claro, entretenimento. Seria uma chatice apenas “notícia notícia notícia” ou “piadinha piadinha piadinha”, mas quem nunca pensou “Vou zarpar desse negócio!”?

Eu exagero, tu exageras, ele exagera, nós exageramos, vós exagerais, eles exageram.

Entre milhões de alfinetadas políticas (e sei que me encaixo nesse quesito), estão as imagens de ursinhos desejando bom dia, textões (eu de novo rs) agradecimentos religiosos, frases de superação e até recado pra perfil de gente falecida. Sim, acontece e muito. Pô, se acha que o falecido vai ler, e ele (a) tem o direito de achar, se preze em mandar uma mensagem particular, os familiares e amigos não são obrigados a compartilhar da informação que você sente falta. Só acho, caras.

É treta?!

Esses dias, vi que um conhecido compartilhou uma artezinha com algumas citações como “sou hétero, carnívoro, conservador, a favor do porte de armas”….e no final “como posso te irritar mais hoje?”

Não interessa se ele é tudo isso, ele pode ser o que quiser! Mas, “Como posso te irritar mais hoje?”, mostra o porque muita gente está online. Ele quer “irritar” e não mostrar e defender o seu ponto de vista. Acho a discussão uma maneira evoluída de ideias e amadurecimento, mas “irritar por irritar”?

Nesse caso, o que custou foi a exclusão da lista de amigos e nada de discussão. Quem quer irritar não está aberto (a) ao debate. Ele conseguiu o que queria? Talvez, pois fiquei irritado por querer irritar. rs Assim como já me excluíram, inclusive por acreditar que cometi erros, não vejo nada de ruim ser excluído ou retirado do feed de notícias de alguém. As ferramentas estão aí pra isso! Se achar que não vale a pena argumentar e discutir, botão excluir contato e pronto!

Também fico pensando se o Facebook retirasse as reações “curtir, não curtir, coração, risada, espanto…” Será que o número de usuários diminuiria? Essa é a graça do Facebook?

Vale pensar!

 

 

Sobre Clube dos Caras

Clube dos Caras

Veja Também

O FRIO CHEGOU, O QUE USAREMOS? O QUE FAREMOS?

O FRIO CHEGOU, O QUE USAREMOS? O QUE FAREMOS? Hoje vamos de dicas pra galera …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *