Home / - / É a nossa vez, ambiente masculino

É a nossa vez, ambiente masculino

A vida do homem é feita de fases e, por mais diferentes que somos um dos outros, quem nunca num sábado a tarde, deu aquele trato no carro, passou pretinho nos pneus e esperou chegar a noite para sair e impressionar seu alvo? Eu mesmo me lembro de passar várias tardes na calçada na frente de casa lavando o carro do meu pai, os amigos iam passando e parando pra conversar e depois de meia hora já tinha virado um evento.

Mas com o passar dos anos nossas prioridades vão mudando e as nossas exigências vão aumentando, e aquilo que era uma diversão das tardes de sábado passam a ser apenas lembranças.

O carro ainda tem que ser bem cuidado, mas a vontade de termos nosso próprio espaço, liberdade e independência vem a tona.

Solteiro, casado ou enrolado, ter seu próprio canto é o sonho de qualquer homem que amadurece, e a arquitetura tem mudado muito ao ponto de criar espaços masculinos, uma novidade que até então era mais reservado a mulher.

Nesse projeto masculino, sofisticado e atemporal, o premiado arquiteto paulista Diego Revollo usou um lay out pensado essencialmente para receber e estreitar o convívio, se destaca a concepção de uma seqüência de ambientes aconchegantes e interligados. Não há apenas uma sala, como também não há pequenos espaços isolados. Neste apartamento convivem de forma harmônica espaços com múltiplas funções que podem ser acionadas conforme a ocasião.

O resultado surpreende, pois a forma, escolha de cores, acabamentos e disposição de todo o mobiliário, essencialmente brasileiro, garantem um resultado original, e ao mesmo tempo cosmopolita; fugindo da fórmula tradicional regionalista de se apresentar o design nacional.

Ter o nosso canto,  independente do tamanho e do estilo, o que vale é que ele tenha a nossa cara e nos remeta ao aconchego.

Os projetos masculinos andam tão em alta, que a Revista Casa Claudia selecionou esse projeto para concorrer no VIII Prêmio Casa Cláudia como um dos três mais bonitos do Brasil. Parabéns Diego Revollo, com sua arquitetura você soube criar uma identidade masculina para o homem moderno e de bom gosto.

Sobre Clube dos Caras

Clube dos Caras

Veja Também

O que te faz falta?

Acho que se  alguém te perguntar “o que te faz falta?”, sua resposta poderia ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *