Home / - / onde há vida, há de ter amor

onde há vida, há de ter amor

Assustou com o barulho, com a gritaria e seu instinto o fez correr. Depois com o silêncio ensurdecedor, voltou por caminhos que não conhecia. Cansado e cheio de  lama, farejou seu ambiente revirado, procurou sua família, seu pote de água e deitou. Sentia o cheiro  do seu dono longe no espaço da sua  casa que não estava mais ali.

O barulho vindo do céu já dizia que algo estava errado. Dali veio a ajuda. O abraço não era o mesmo, mas o amor de quem não o conhecia foi colocado nos ombros acompanhado de um carinho e “vai ficar tudo bem, estou aqui”.

Animais sendo salvos por bombeiros e pessoas desaparecidas sendo encontradas por cães farejadores. É a troca de gratidão da vida.

Assim como no sofrimento, a tragédia nos faz pensar que estamos nos tornando pessoas melhores.

 

 

Sobre Clube dos Caras

Clube dos Caras

Veja Também

O que te faz falta?

Acho que se  alguém te perguntar “o que te faz falta?”, sua resposta poderia ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *