Home / Auto / Fusão entre Fiat e Peugeot será assinada no até o final do ano

Fusão entre Fiat e Peugeot será assinada no até o final do ano

Os grupos FCA e PSA notificaram nesta terça-feira (26) a seus funcionários que assinariam um acordo de fusão nas próximas semanas. Em duas comunicações separadas por canais internos, os dois grupos disseram aos funcionários que mais de 50 pessoas estão envolvidas no processo.

A fusão entre os dois grupos (FCA e PSA) resultará na criação da quarta maior montadora do mundo e se o cronograma persistir, a nova montadora, que será formalmente sediada na Holanda, passará a existir no final de 2020.

A quarta maior montadora do mundo abrigará uma grande quantidade de marcas, sendo elas: Fiat, Alfa Romeo, Lancia, Maserati, Chrysler, Jeep, Dodge e RAM (que atualmente pertencem à FCA), e Peugeot, Citroen, DS, Opel e Vauxhall (que hoje fazem parte do Grupo PSA).

Segundo os comunicados obtidos, nove grupos de trabalho foram estabelecidos e estão sendo liderados pelo  chefe global de desenvolvimento de negócios da FCA, David Ostermann, e pelo vice-presidente executivo da PSA, Olivier Bourges.

Os e-mails internos elogiam fusão como uma “oportunidade fundamental para o desenvolvimento global da PSA e da FCA” e criarão uma nova montadora para “ocupar uma posição de liderança global no setor de mobilidade sustentável para atender às necessidades de todos os tipos de clientes “.

Líderes de ambos os lados lembraram aos funcionários “A FCA e a PSA permanecerão concorrentes até que o processo de fusão seja concluído”.

Sobre Dalmir Junior

Dalmir Junior
Amante do mundo automobilístico, diretor do Magazine Automotiva e O Dia Jundiaí, parceiro de marcas como PSA (Peugeot – Citroën), FCA (Fiat – Chrysler – Dodge – Jeep) e Ford.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *