Saúde

Teste de COVID-19: entenda os tipos e suas diferenças

Por conta da pandemia que estamos vivendo, todas as pessoas estão sujeitas a realizar o teste de COVID-19. São várias as formas de realiza-lo e é sobre esse assunto que vamos falar hoje, explicando os diferentes tipos de teste e qual a precisão de cada um deles. Confira!

Teste rápido de COVID-19

Conhecido popularmente como teste rápido, o teste de imunocromatografia de fluxo lateral permite observar se existe alguma alteração de cor quando o sangue colhido entra em contato com o reagente. 

A amostra é obtida por meio de uma pequena incisão na ponta do dedo e colocada num kit, com indicação visual do resultado. Os testes rápidos sorológicos, por imunoensaio enzimático (teste Elisa) e por imunoensaio quimioluminescente (teste Clia) têm o objetivo de detectar anticorpos específicos contra a Covid-19 que o nosso organismo produz em resposta à infecção viral, visando controlar e eliminar tanto o vírus como células infectadas. 

Lembrando que o teste rápido de COVID-19 deve ser indicado a partir do sétimo dia de doença e os resultados negativos não descartam o contato prévio com o vírus, que devem ser repetidos após uma semana para confirmação.

Teste RT-PCR

Indicado para pacientes com sintomas iniciais do vírus, ou seja, aqueles que começarem a apresentar sintomas iniciais. Trata-se de um teste de COVID-19 que consiste em um método laboratorial de biologia molecular que utiliza a enzima transcriptase reversa, para transformar o RNA do vírus em DNA complementar (cDNA), e é usada principalmente para medir a quantidade de um RNA específico.

O exame é feito em material coletado do nariz ou garganta, por meio de técnicas de biologia molecular (RT-PCR) para o diagnóstico de infecção por coronavírus. 

A recomendação, é realiza-lo até o 14º dia de sintomas e vale ressaltar que a sua taxa de sensibilidade é mais eficaz se o Exame de Covid – RT PCR for feito preferencialmente entre o 3º ao 5 dia. Lembrando que o exame exige pedido médico.

Teste Sorológico IgG

Indicado para fase tardia da doença, ou para saber se já a teve, o teste de COVID-19 tem como principal objetivo identificar casos tardios. O Exame de Covid Sorológico IgG é baseado na sorologia, um conceito utilizado especialmente no campo da medicina que se refere a um exame de laboratório efetuado para comprovar a presença de anticorpos no sangue, ou seja, determinar concretamente sua presença.

Para que seja possível realizar o Exame de Covid Sorológico IgG, é necessário coletar amostras de sangue, preferencialmente após 20 dias de sintomas ou exposição, para que se possa ser utilizado para a detecção qualitativa de anticorpos IgG contra o SARS-CoV-2, em soro e plasma humanos.

Qual é o melhor período para coletar?

Teste RT-PCR Genexpert: entre o 3º e 10º dia após o início dos sintomas

Sorológico: a partir do 10º dia do início dos sintomas.

Teste rápido: a partir do 10º dia do início dos sintomas. Caso esteja apresentando alguns sintomas, procure um médico especialista o mais rápido possível para indicar o teste de COVID-19 ideal.

Os conteúdos dos artigos publicados são de inteira responsabilidade do(s) autor(es), não refletindo, necessariamente, a opinião do corpo ou do conselho editorial do blog.
Dr. Leonardo Fiuza

Dr. Leonardo Fiuza

Médico pela Faculdade de Medicina de Jundiaí, especializado nas áreas de cirurgia geral, cirurgia bariátrica e medicina esportiva.
Coordenador do Pronto Socorro de Cirurgia e Hospital Paulo Sacramento e Sócio Fundador das Clínicas SimpleSaúde e Unique Instituto de Cirurgia,.